quinta-feira, 5 de abril de 2012

um labirinto?






Camagüey, CUBA, cinco de abril de 2012


E naquela paisagem onírica surreal, como se tivesse saído de um quadro cubista... e na paisagem haviam labirintos!! A iluminação de um dos labirintos era, digamos, “diferente”, partes chegavam a luz do sol, outros a luz da lua, e outras partes luz de neon. Bem como haviam partes nubladas, partes em penumbra. No caminho havia algumas portas e janelas, uma abertas, outras entreabertas e outras fechadas com cadeado e correntes! No caminho espalhados vários quebra cabeças com peças misturadas, incrivelmente, uns quebras cabeças era complementários dos outros. Havia também alguns jogos de tabuleiro, e as peças posicionadas como se os jogos seguissem em andamento!!! Havia uma suave brisa, que carregava páginas soltas de inúmeros livros e tentativas de esboços de um mapa do labirinto.
A cada pouco, encontrava-se pedaços pequenos de espelho, que ao todo poderiam juntar-se e fazer um espelho do tamanho de uma porta. Havia também muitas fotos de pessoas e cartões postais de várias cidades, e cartas também. Em uma mesa repousava um cálice de vinho e no cinzeiro um cigarro aceso, dando a entender que aquilo era tudo tão recente, mas ao mesmo tempo a pessoa “dona do cigarro” se divertia com o labirinto. Na cadeira havia um lenço feminino, e tinha um cheiro particular, um suave perfume!!! Havia trilha sonora o tempo todo, mas era bem suave, bem como haviam risadas femininas ao fundo,intercaladas poucas vezes por soluços de pranto.
Entrei em um corredor que aos poucos ficava mais estreito e ao final havia uma porta, fácil de abrir, que depois dava para uma ampla ante-sala, como se fosse uma sala de espera de um consultório, uma secretária bonita, educada, no canto um revisteiro, e no outro canto um desses bebedouros de água mineral. Nessa ante-sala havia 3 portas, e todas trancadas. Tentei a primeira, forcei com o ombro, e até que consegui abrir. Era um céu azul, mas recuei, a porta dava para um abismo. Fechei rápido!!! Tentei a segunda: dava para o mar.... um infinito, uma partes cristalinas e outras mais escuras... fechei de novo. Forcei a fechadura da última e voltei ao início do labirinto.

Um comentário:

  1. quando encontrar a saída do labirinto sem retomar ao inicio avise!! e conte qual a sensação!

    ResponderExcluir